5 de junho de 2008

 

Castelo Branco quem te verá.... 1



Assistimos dsede a década de 80 do século passado a uma destruição progressiva do património histórico de Castelo Branco. Tal facto, a que não escapou nenhuma cidade portuguesa, tem várias explicações. A primeira prende-se com o fraco nível cultural das pessoas e a segunda com a fraca fiscalização por parte da autarquia e o perder da autoridade do Estado a seguir ao 25 de Abril de 1974, facto este que originou uma cidade em que a massa construtiva clandestina atingiu em finais dos anos 80 quase uma área igual à legal.
A parte que mais foi afectada foi a chamada zona antiga, constituída pelo bairro do Castelo. As mais incriveis atrocidades foram autorizadas ou simplesmente toleradas. O prédio da PT é um bom exemplo, mas há outros, um pouco por todo o lado. Dezenas de portados quinhentistas foram selvaticamente destruídos e substituídos por portadas em mármore ou granito polido, fachadas inteiras foram demolidas para fazer habitações a blocos de cimento e tijolos. A destruição da capela que existia na Rua do Cavaleiro é bem exemplo disso.

Etiquetas: ,


Comments:
Conta a história toda mas mesmo toda ok.
Com nomes, datas e verdadeiros responsáveis pelas desgraças, as do passado e as de hoje.
 
Nao me diga que essa portada tambem foi destuida!!!

Um abraco dalgodrense.
 
O arquitecto Afonso é o principal responsável por essa situação continuar a ser uma realidade. Ele que se demita se não consegue fazer cumprir a lei.
Mas é useiro e veseiro em lágriams de crocodilo
a próxima vai ser o máximo
é a seguinte
DESTRUAM TUDO
que se inventa VIRTUAL
a pagar MUITO
 
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?