24 de abril de 2011

 

Realmente não temos brio algum em Idanha-a-Velha

Desde há algum tempo que ando com vontade de colocar em  público algumas verdades acerca das práticas que se vão padronizando e tornando banais em matéria de higiéne e limpeza na freguesia de Idanha-a-Velha. Sei que vou ser novamente alvo de critica, mas não me importo, pelo menos fico de consciência descansada.
Neste fim de semana alargado a aldeia histórica de Idanha-a-Velha foi inundada literalmente de pessoas em busca de verem pedaços da nossa história, turistas e muitos filhos da terra que vieram fazer umas mini-férias. Infelizmente foram vendo um rol de situações que em nada nos gratifica e que para nós constitui um péssimo cartão de visita. Desde o cruzamento até à aldeia os passeios estão de tal maneira inundados de ervas e outros detritos que em alguns casos os bancos de pedra são quase invisiveis. Dentro da povoação a situação não melhora muito, e à erva junta-se excremento de cão por tudo quanto é sítio. Até parece que não existe legislação sobre a presença de animais em espaços públicos. Mas nesta parte do mundo qualquer Lei só se cumpre se for para servir alguém, nunca a comunidade. O estacionamento esse é caótico. Tapam-se ruas, estaciona-se em contramão, no meio da estrada, em qualquer lado, é à vontade do freguês.
Tudo isto nas barbas das nossas Autoridades autarquicas dos diferentes graus.
Acho que está na hora de haver mudanças, da freguesia sair da letargia em que está enterrada há séculos, Idanha-a-Velha tem de deixar de viver na mentira e no faz de conta. Tem de deixar de fazer o papel de coitadinha e lutar pelos seus direitos, senão vai continuar a ver a banda e as verbas passarem para "outras mãos" onde há mais gente e mais votos.
Aspecto deplorável do passeio do Cruzamento (Leque)


  
Aspecto do Quintal do Franco

Relance do passeio e de um dos bancos na estrada de acesso à povoação

Etiquetas: ,


Comments:
Quando visitei Idanha a Velha até havia limpeza nas rua e pareceu-me que as visitas ao lagar e à Sinagoga...???(nao sei se é este o nome)estavam bem organizados.
Hoje e pelas fotos publicadas aquilo parece uma terra de ninguém.

Onde está a Juventude para participar nestas coisas e dar mostras da beleza da sua terra...??
 
A juventude foi á procura de melhor vida. Nunca se criaram condições para cativar as novas gerações. Idanha-a-Velha está moribunda, ferida de morte por mentalidades pequenas e mesquinhas. E com a reestruturação que se avizinha, resta-nos aguardar a sua morte.
 
Afinal voltei !!!, a falar claro ,porque a ver , sempre fui vendo como houvera dito ...Voltei para lhe dizer que nem sabe quanto me dói o que mostra . Também lá estive a 24de Abril...
Tive e tenho muito gosto em sabê-lo pelo meu blogue .
Muntas vesitas
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?