2 de julho de 2009

 

Sobre a Carta Arqueológica do Concelho de Castelo Branco

Apontamento saído no reconquista de 2 de Julho de 2009.
Palavras para quê???

Etiquetas: , ,


Comments:
Parece-me que a Drª Raquel Vilaça quer descobrir a pólvora, quando ela já foi descoberta, pois todos sabemos da necessidade e da urgência da carta arqueológica do concelho de Castelo Branco. É preciso é que haja vontade política para tal.
 
- «no distrito a salvaguarda da arquitectura tem sido feita consoante o interesse dos municípios...»(sic)Está tudo dito ! Reparem que é dito :no distrito e nos municípios...Querem mais claro? São os municípios e não só um ,é o distrito e não o concelho que tem sido delapidado por obras feitas à toa...Tentemos agarrar o que ainda sobra em vez de nos andarmos a degladiar.
 
Não se preocupem. Estamos safos.
Com tanto cavaleiro, temos o futuro garantido. Repararam como estão bonitos e garbosos?
Começaram logo como deve ser nestas coisas,distribuir coisas entre si,desta vez,as comendas e as vestimentas.
Não me farto de olhar embevecido.
Mais tarde,com a projecção que esta coisas têm na sociedade,logo se arranjará algo de mais palpável para distribuir.
Aliás,alguns já estão bem aviados.
Podem ter a certeza que vão ter um papel relevante, vão dar uma ajuda decisiva n arqueologia. Garantido. Podem começar pelo seu ADN místico.
Estou ansioso pela foto com as armaduras e as espadas.
Ainda não estou em mim de contente.
José do Telhado
 
A ideia de carta arqueológica vem do séc.xix e só agora é que ela diz que é necessária? Em que escola andou ela?
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?