15 de abril de 2008

 

Congresso a caminho


Já estamos em contagem decrescente para o congresso de……. Já estou em pulgas para rever velhos companheiros e camaradas de trabalho. Isto é que vai ser pôr a conversa em dia. Também uma palavra para os nossos mestres que por lá também vão aparecer.

Bom, como estarão recordados sempre expressei a minha indignação sobre a forma de “recrutamento” dos senhores comunicantes. Não percebi bem o critério. Desde logo há excepções. Há não licenciados a comunicar...Outros e outras foram…esquecidos: Exemplos? Olhem a Pilar Reis ou a Adalgisa, a Ana Sá, entre outras damas. Mas enfim as coisas são assim. Também e considerando que faltam 2 dias para o evento estranho ainda não ter recebido o programa definitivo. É que como paguei 50 (cinquenta euros) pensava que ou não será assim?

Desde logo, uma certeza:

TAVARES PROENÇA JÚNIOR E

A ARQUELOGIA DO DISTRICTO MERECEM MUITO MAIS E MELHOR

logo, que venham mais congressos, encontros e mesas-redondas.

4 Notas

1- Porque é que muita gente da “Plataforma” técnica cientifica não foi convidada a participar?

2- O Prof. Almagro vem cá precisamente a assinar o quê?

3- Tenho muita pena de já não beber vinho. Em Mação sempre houve um branco de estalo, segundo me disseram ao ouvido. Estão de parabéns os Amigos do Museu por organizarem estes momentos de grande comunhão e confraternização de turismo cultural onde se vão descobrindo os sabores das terras enquanto se contempla o seu património.

4- Qual foi a ideia de escolherem um inscrição funerária (o penedo da Capinha) para imagem de marca do evento? Se calhar é por alguém da organização pensar que arqueologia tratar de…Ai, ai.

Etiquetas:


Comments:
AH;AH;HA. ora toma lá..Boa.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?