21 de dezembro de 2011

 

Mestre Barata Moura



Faleceu no domingo e foi a enterrar na segunda-feira em Lisboa, o pintor, natural de Castelo Novo. Morreu aos 100 anos. Esquecido e ignorado por tantos especialistas dos museus da região, talvez a sua obra venha agora ao de cima. O premiado Museu de Castelo Branco, onde trabalhei tantos anos e tantos quadros dele descrevi, devia em jeito de homenagem colocar na recepção uma pintura sua sobre Monsanto de Beira, como símbolo de Portugal. Ficava bem. Foi uma vida linda, querido e saudoso Mestre Barata Moura. Os meus pêsames à família.

Etiquetas: ,


Comments:
Lembro-me de falar com o mestre Barata Moura durante uma sua exposição em Viseu. Tinha eu 10 anos e era aspirante a pintor.
Ficou no meu coração até hoje. Obrigado Joaquim pela notícia (ainda que triste) e votos de um ano de 2012 cheio de saúde!

(António, de Vila Dianteira)
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?