26 de setembro de 2011

 

As "chagas" de Idanha-a-Velha teimam em não ter cura


Há mais de um mês que este marco está prostado por terra à espera que quem o deitou abaixo e o "ajeitou" de modo a ser carregado, venha completar o serviço. Pelos vistos a Junta de Freguesia já mostrou a sua indisponibilidade para levantar e fixar este monolito. Por falta de meios..... Direi antes falta de interesse, falta de sensibilidade, falta de ética, e se calhar falta de civismo. Nem consigo perceber o que estão a fazer na freguesia e qual a justificação para continuarem no cargo.



Este outro "cancro" é mais bicudo. já bati a muitas portas e todas elas sacodem a "agua do capote". O certo é que não há explicação possível para este espectáculo mesmo no centro da Egitânia. A porta manuelina já não se vê de tanta silva a tapar e por este andar a janela também estará entaipada não tarda muito. O lixo cada vez é mais, mas não é o proprietário que o lá põe. estamos pois perante uma gritante falta de higiéne e civismo de alguns habitantes de Idanha-a-Velha e se calhar também de algum visitante. Para arrematar as silvas são tantas que já saltaram o muro e ameaçam chegar à via pública.

Podem dizer que só sei fazer criticas. Mas o que posso eu fazer mais? Calar-me e fazer de conta que está tudo bem? E não é só isto... Para os lados de cemitério da freguesia também há matéria de descontentamento.

Etiquetas: ,


Comments:
Amigo Batista
O Património de Idanha-a-Velha é de uma riqueza incalculável, pois atesta a ocupação humana dessa região desde a pré-história até aos tempos modernos, ocupando lugar de relevo na arqueologia regional e mesmo nacional. É lamentável que situações, como as que tens apresentado aqui, ocorram com relativa frequência. Tudo isto seria um tema interessante para ser apresentado em algum Colóquio sobre Património.
Manuel Leitão
 
Fico TRISTE!!!!
Quina
 
Se a câmara não trata das pessoas que estão vivas como é que se vai preocupar com os mortos.
 
Também eu fiquei tristíssimo com aquilo que vi em Idanha-a-Velha.

No passado Domingo confirmei que lá continua caído esse respeitável monolito.
É mais uma das muitas "CHAGAS" de Idanha-a-Velha.

Já fiz a denúncia em:

www.radiomonsanto.pt

Esta terra, também, TEMPLÁRIA, merece atenção especial.
Lamentavelmente há dinheiro para "circos templários" e escasseia para fins mais dignos e nobres.

Joaquim Fonseca
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?