18 de março de 2011

 

A Senhora de Mércoles e os "amigos" das árvores

Eu nem queria acreditar. Para mim era impensavel o que a foto da notícia nos mostra. A "escadaria" da Senhora de Mércoles despida das árvores de que eu sempre me recordo de lá ver, e já passei os cinquenta. Quando era pequeno o meu pai teve uma pequena forja ao lado da casa do ermitão e como tal a Senhora de Mércoles está muito enraízada na minha infância. Os meus pais brincavam até comigo pois ainda não sabia pronunciar Mércoles, então dizia "Malecas".
Também tinha optado por não escrever nada acerca do verdadeiro arbicidio que ocorreu, pois os colegas da blogosfera o têm tratado de modo aceitavel e conveniente. O que verdadeiramente me tirou do sério e me levou a escrever estas poucas linhas foram os ecos que esta acção teve na nossa imprensa regional. A Gazeta do Interior pura e simplesmente nem abre pio, e o Reconquista dá a notícia que coloco neste post, na última página do jornal e num tom de desculpa do que aconteceu. Se isto é jornalismo vou ali e já volto. Afinal o trabalho de investigação só ouviu uma parte. A senhora ermitã (deduzo que seja ela) tem raiva às arvores pois as mesmas só fazem lixo e trazem bicharada, logo cortem-se. O Padre pelos vistos já não pode colocar o carrinho debaixo das árvores porque se arrisca a que alguma lhe caia em cima. Sinceramente, porque nunca mandou limpar as árvores convenientemente? Se fossem limpas, não estariam com ramos secos e degradadas. Se pedissem ajuda à Escola Agrária que está a passos decerto que os responsáveis desta efectuariam a poda das mesmas. Mas não, nesta cidade deixa-se degradar tudo, para depois se restaurar com o pior mau gosto que tenho visto neste meio cento de anos que tenho. Como o descaramento é tanto vêm depois a dizer que estão a devolver coisas à cidade, como se elas alguma vez nos deixassem de pertencer, só que por falta de manutenção se deixam degradar propositadamente.
Quanto á escadaria estou para ver o que vai sair daí. Já estou a tremer com o resultado final. Mais algum pós-modernismo bacoco...
Desculpem...vêem aí mais obras...

Etiquetas: , ,




Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?