19 de maio de 2010

 

A Sé egitaniense de volta







































Não é a primeira vez, nem irá ser a última, que vou expressar o meu mais profundo pesar pelo "atentado" perpretado contra o interior da Sé de Idanha-a-Velha. A começar pelo baptismo recente de Igreja de Santa Maria. Não há dúvidas que foi igreja de Santa Maria, mas é igualmente certo que foi Sé catedral da antiga Egitânia. Parece que há alguém a querer minimizar o monumento. Mas isso não é novidade. Com efeito nos tempos modernos a nossa, e será sempre, "Sé", foi perdendo estatuto. Passou de Sé para Igreja, mas bem pior foi passar de Museu epigráfico para arrecadação como documentam as fotos.

Etiquetas:




Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?