3 de novembro de 2009

 

A roubalheira continua. Impune...

Desta vez nem a pedra assinalada dentro da figura delineada a negro no portão da Escola Primária de Idanha-a-Velha escapou aos amigos do alheio. Na zona do castelo houve mais desaparecimentos de pedras romanas e não só. Qualquer dia por este ritmo estamos sem granitos por aqui. Os "amigalhaços" do alheio atacam com toda a impunidade e quase à luz do dia e só falta ser à frente de toda a gente. Gente de fora? Não sei, não. Costuma-se dizer, "quem cabritos vende e cabras não tem, de algum lado lhe vem". E não digo mais nada. Chamem o Estrela.

Etiquetas: ,


Comments:
Pelos vistos, estes amigos do alheio, não roubam o alheio, sabem bem ao que vão.
 
Quem é o Estrela?
 
mas que tristeza!!! tantos aparelhos especiais de vigilância, tantos aviões especiais, tantos super-policias, tantos agentes especiais, tantos e tantos alertas e..zás, mesmo no interior da aldeia rouba-se sem ninguém dê por nada nem por ninguém!!

felicidades...
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?