11 de novembro de 2009

 

Brasões albicastrenses

Brasão existente na Igreja de Santa Maria do Castelo, no túmulo onde repousam os restos mortais do poeta albicastrense do século XV João Roiz de Castelo Branco, o autor da "Cantiga partindo-se"

Senhora, partem tão tristes

Meus olhos, por vós, meu bem,

Que nunca tão tristes vistes

Outros nenhuns por ninguém.


Tão tristes, tão saudosos,

Tão doentes da partida,

Tão cansados, tão chorosos,

Da morte mais desejosos

Cem mil vezes que da vida.

Partem tão tristes os tristes,

Tão fora de esperar bem,

Que nunca tão tristes vistes


Outros nenhuns por ninguém.

Etiquetas: ,


Comments:
Parabéns pelo Blogue
 
Além de ser uma pena o estado a que chegou esta e outras pedras de armas existentes no interior na Igreja de Santa Maria, é uma vergonha o estado a que se deixou chegar esse edifício (independentemente de estar ou não totalmente descaracterizado).

É esta mesmo a pedra de armas do túmulo de Roiz? É que a epigrafe está tão estragadita que nem dá para a ler, ao contrário do brasão que é bastante perceptível... ainda, falta saber até quando...

AD
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?