22 de outubro de 2009

 

A minha prenda de Natal chegou mais cedo

Consegui este exemplar da "Egitânia: história e arqueologia" de D. Fernando de Almeida, publicada em 1957, num antiquário alemão pelo preço de 15 €, e paguei mais 10 € de portes de correio. Está como novo, as páginas interiores ainda nem sequer foram abertas, não tem carimbos nem anotações. Só possui algumas pequenas manchas de humidade na lombada e na contracapa. Que me dizem desta minha prenda que ofereci a mim próprio?
Em Portugal se existir algum exemplar em alfarrabista, nem imagino o preço que pedem. Há alguns anos encontrei um no Porto mas até coro de vergonha só de pensar no preço que me pediram. Para cima de 300 €.

Etiquetas: , ,


Comments:
A especulação já é lastimável. A dos valores culturais pior ainda !!!
 
Será que não há mais exemplares nesse antiquário? Também adquiria um a esse preço. Em Lisboa à 3 ou 4anos vi um pelo preço de 750€
 
É tentar.
Antiquariat Jürgen Ilgner
Bergfeld 6 - D-49328 Melle
Telf. 05427/922774.

E boa sorte. Mas acho que era o único exemplar.
 
Bem esse é, na minha opinião, um achado melhor que os achados em Mérida. Muito bem e disfrute a leitura...Se houver algo que justifique, publique, s.f.f.
 
sem duvida amigo joaquim, uma autêntica raridade...

um abraço
 
A obra é de consulta muito acessível: Egitânia : história e arqueologia / D. Fernando de Almeida

AUTOR(ES):
Almeida, Fernando de, 1903-1979
PUBLICAÇÃO:
Lisboa : Faculdade de Letras, 1956
DESCR. FÍSICA:
452 p. : il. ; 24 cm
COLECÇÃO:
Publicações da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa ; 2
CDU:
940
Adic. à lista
Ver formato UNIMARC Exportar registo em ISO2709 Exportar registo em MarcXchange
Exemplares
Código de Barras:
PIN:

Biblioteca Cota Notas
BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL H.G. 19568 V.
BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL P.P. 11174 V.
BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL Fg. 2492 Microfilme
Fund. Calous. Gulb. Bib. Geral Arte AAL 116
Fund. Calous. Gulb. Bib. Geral Arte BB 16695
Univ. Évora - Bibl. Geral Fundo Tiago de Oliveira
Univ. Lisboa Fac. Letras AR 173 V.

Mas, para o Joaquim tem um sabor especial por ter um exemplar no seu acervo.

Boas leituras, nada de publicações, porque é preciso respeitar os direitos de autor. Sugiro que a CMI, depois de resolver o problema dos Direitos de autor proceda à sua redição fac-similada. Duvido que encontre algo de novo na referida publicação, porque os conteúdos foram depois repetidos por D.Fernando de Almeida, em publicações mais recentes. Mas, anima o ego, possuir a obra numa biblioteca particular.
 
Os meus mais sinceros parabens!

e um abraco de amizade dalgodrense.
 
a anónimo de 25 de outubro é invejoso e um resssabiado
essa dos "conteúdos foram depois repetidos por D.Fernando de Almeida, em publicações mais recentes" é de cabo de esquasra vulo IGNORANTE
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?