16 de outubro de 2009

 

Carlos Semedo. Parabéns

Meteoricamente, o nosso Amigo Carlos Semedo surge como programador cultural da Câmara de Castelo Branco. Não é que ele não o mereça, mas face a algumas posições por ele publicamente assumidas, tal facto somente nos causou alguma estranheza e espanto. Mas como diria alguém, de quem não me lembro o nome, a vida é feita de muitas coisas e de muitas outras de que nem sequer imaginamos. Por isso tens andado muito calado pela Blogosfera.
O Carlos merece e é competente, espero é que tenha autonomia para levar para a frente o seu talento, não esquecendo porém que a cultura não é só musica e cantorias.

Stalker, os mais sinceros parabéns deste teu Amigo que te deseja as maiores venturas. Eu sei que és competente, a partir de agora só tens que o provar aos outros também. Que os espinhos se transformem em rosas.

Etiquetas: , ,


Comments:
Mas é o Sr. Semedo ou a sua empresa de agência de artistas? Não me parece muito ético um agente de artistas ser simultaneamente programador de uma autarquia. Será que vamos ter em Castelo Branco muitos artistas que a empresa dele representa enquanto agente? A avaliar pela primeira agenda, cheira-me que sim...

E quando a câmara contratar um artista agenciado pela empresa do sr. Semedo, ele irá negociar os contratos com a própria empresa?

Era como se um agente de jogadores de futebol fosse presidente de um clube, ou um empreiteiro ministro das obras públicas!

Anónimo por cobardia.
 
Leio o seguinte na peça "Contactado pelo Reconquista, CArlos Semedo, não qis fazer qualquer comentário deixando as declarações para o presidente da autarquia". O Carlos Semedo, não é cantor liríco e sempre falou, uma vezes bem outras vezes nem tanto, de tudo e de todos, agora perdeu o pio? Ou é a nova-velha cultura a uma só voz? Mais do mesmo? Porra, como diria o Zé Mário Branco,uma 'nova' afonia cultural para a nossa cidade? que se soltem todas as vozes,que se respeitem todas as vozes não só as que , por interesse, bajulam o doce poder. viva a liberdade de falar daquilo que se diz aos outros, saber. ou como não se sabe nada não se diz nada? Porque não falou o Dr. Carlos Semedo? Claro que para suprir lá dará, em breve,a entrevista clássica e de circunstância, sob o olhar vigilante do maestro da banda.
 
Muito obrigado, caro Joaquim e espero estar à altura do desafio. Não vai ser fácil. As minhas posições são públicas, assinadas e tive algumas oportunidades para as verbalizar directamente ao actual presidente da Câmara Municipal. Não posso é ser um crítico que recusa ser parte da possível solução. Estou a assumir as minhas responsabilidades em conformidade com o meu sentido crítico. Posso conseguir bons resultados, mas também posso falhar, só não podia deixar de colocara minha alguma experiência e ideias ao serviço de Castelo Branco (como aliás tenho procurado fazer, em outros contextos).
O meu silêncio blogosférico prende-se com uma enorme falta de disponibilidade, devido a este novo projecto e outro, esse académico.
Mais uma vez, muito orbigado pelo teu incentivo. Estarei sempre disponível para receber críticas, opiniões e sugestões, como não podia deixar de ser.
Um abraço,
CS
 
Caro "anónimo por cobardia": Em primeiro lugar só mesmo por algo próximo da má fé se poderá dizer que a primeira agenda Cultura Vibra pode "cheirar" a "artistas da empresa dele". A Apsara representa actualmente o Ensemble Mediterrain, o Orlando Consort, o Moscow Piano Quartet, O Duo ArtClac e o Quarteto Zyryab. Eles participam na agenda?
Se se está a referir a alguns músicos do Ensemble Contrapunctus (e que fazem parte do MPQ), que são meus amigos pessoais, o detalhe erra o alvo. A sua contratação passa ao lado da minha empresa sendo, obviamente, feita de acordo com os requisitos legais que as autarquias têm de observar.
Mas que fique claro que encaro a programação como um projecto de autoria e que, naturalmente, tenho imensos amigos no meio artístico, devido à minha já longa experiência. Se não é correcto convidar apenas amigos, igualmente o será se não programar determinados artistas só porque me são próximos. Isso seria um disparate.
Aproveito para a/o corrigir sobre um detalhe: A minha empresa não é uma agência de artistas.
 
Para mim não é mais do que o pagar a factura eleitoral.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?