26 de maio de 2009

 

Pastores: guardiões de uma paisagem. Uma obra a reter

Pastores: guardiões de uma paisagem é a "cereja por cima do bolo" nas publicações recentes do meu Amigo Eddy Chambino. Lê-se, melhor devora-se, em três tempos. Neste livro o autor põe os verdadeiros protagonistas a falar no momento certo e daquilo que verdadeiramente sabem. As descrições são magistrais, a linguagem fluente e compreensível. Enfim, penso estarem reunidas as condições para este livro se tornar um verdadeiro manacial de saber e de citações para outros estudos. Só um senão, porventura por desconhecimento do autor. O pacto centenário entre a Casa Graciosa e outra Casa da Beira Alta e cujo nome não me ocorre, para cooperar no domínio da transumância. Mas é só um pequeno pormenor.
Mais uma edição da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, que neste domínio tem um palmarés impressionante. Enfim, falta só a revista de arqueologia.
Parabéns Eddy, tu mereces.

Etiquetas: , ,


Comments:
Joaquina Silva diz: Pois é, só falta a revista de arqueologia e umas coisinhas mais ,daquelas que fixem jovens no nosso concelho.Mas, Roma e Pavia não se fizeram num dia...Tenho esperança...Quanto a livros já vi que a minha lista de compra ,para o próximo mês , está a aumentar! Bom sinal!
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Joaquina e lá porque não sou Maria ,não deixo de ser mulher!!!, não é ressabiada nem passa o tempo a dizer mal,nem é invejosa nem etc,etc ,etc pois não estou para estar a repetir todos os insultos com que o senhor ou senhora( anónimo!!!) se dignou brindar-me.Poder-lhe-ia responder ao mesmo nível mas não está nos meus princípios fazê-lo;dir-lhe-ei apenas que de facto sou ou antes fui professora até hà ano e meio;que sou licenciada em Histórico-Filosóficas e em Português mas para minha tristeza e por motivos de ordem pessoal nunca dei aulas na Idanha.Tenho lá casas e à Idanha vou frequentemente.Adoro a minha terra e gostaria de vê-la o mais evoluida possível sem ,no entanto,vir a sofrer dos males das urbes .Tenho a coragem de dar cara pois a frontalidade sempre foi uma das características da minha família que a boa gente da Idanha,bem conhece.O meu nome completo é:Joaquina Salgueiro da Silva Celestino,uma egitaniense que se orgulha de o ser.Agora que já tem os meus dados identificativos,tenha acoragem de fazer o mesmo....Boa tarde!Já agora, digo ainda que comecei a aceder a este sítio ,´por indicação de meu irmão que me o aconselhou.Concordei com ele e, passei ,periodicamente, a visitá-lo.Agora, vou pensar se devo continuar...Bem-haja o dono do sítio pelas notícias que me tem dado através dele.
 
mais uma vez joaquim, bem-hajas pelas palavras e pelo elogio.

um abraço
 
sou licenciada em Histórico-Filosóficas e em Português

E ou É??????
por onde e como?
 
Joaquina S. Celestino diz:Para concluir esta pesquisa sobre a minha pessoa (já vi que não é de Idanha-a-Nova senão conhecia-me!)sou licenciada pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa.Por esses tempos, caso não saiba, História e Filosofia constituiam uma única licenciatura e ,apesar das muitas proibições dessa época que,de certeza também não conheceu,era permitido fazer-se outras...Eu escolhi o Português, certo?!Já agora ,para cultura geral foi o ministro da educação de Marcelo Caetano ,de seu nome Veiga Simão que fez a separação da História da Filosofia, no ano lectivo de 70/71.Tal significa que o meu curso foi o último a ter as duas cências numa só licenciatura e também significa que eu sou doutros tempos em relação á sua geração ,suponho, pois continua a esconder-se no anonimato.Tenha uma muito boa tarde....
 
Joaquina S. C. diz ainda:queria apenas acrescentar mais uns dados ao meu texto de ontem;é que já passaram quase 46 anos após a minha entrada na Universidade e não quero confusões com o que afirmo!Quando falo em ano lectivo de 70/71 refiro-me à entrada no mercado de trabalho ,como professores, do 1ºcurso após a separação;a do meu ,último Hist.-Filos. foi em 69/70 tendo aconclusão sido em 68/69.A reforma iniciou-seem 64/65 e quem do meu curso , reprovasse era obrigado a optar .Acresce ainda que ,naqueles tempos ,para sermos licenciados tinhamos:5 anos de curso acrescidos de 1 ano de preparação de tese e da feitura de 5 cadeiras de Ciências Pedagógicas,(o que totalizava 6anos);só com elas ganhariamos nos meses de férias.Eram tempos difíceis e como pode concluir envoltos nas crises académicas de 62/63 de 68/69.Mas ,como diz o povo «são outros quinhentos de que deve estar a milhas...»Ao longo da carreira tive de optar 1º entre a Hist. e a Filos. anos mais tarde ,entre a Hist. e o Port.Escolhi sempre a HISTÓRIA!Leccionei pois :Port., Filos., Hist.e até Introdução à Política.. MAS A CONVERSA JÁ VAI LONGA.Peço desculpas ao autor do blogue dizendo-lhe que não voltarei a maçá-lo com os meus comentários que parecem originar polémica...Desejo, no entanto,que continui assim pois está no rumo certo.Pode ser que um dia o encontre nalgum evento por terras idanhenses ou albicastrenses.Quanto a mim ,desterrada em Lisboa, continuarei a espreitar o seu blogue para saber notícias e aumentar conhecimentos.BEM-HAJA!!!!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?