4 de fevereiro de 2009

 

Açafa digital



A revista da Associação de Estudos do Alto Tejo passa a estar ao dispor dos interessados leitores em formato digital. É a adaptação aos novos tempos, de um dos projectos arqueológicos mais constantes, originais e importantes do estudo do passado pré e proto-histórico da Beira Tejo. Um punhado de arqueólogos e de investigadores, chefiados pelos nossos velhos amigos Francisco Henriques e João Caninas, têm continuado a estrada do conhecimento do passado da nossa região, nobre tarefa iniciada vai para dezenas de anos.

Desde esses tempos, um excelente hábito foi adoptado. Conforme se descobrem novidades e novos arqueossitíos, registam-se e difundem-se as informações para todos os interessados. Um bom exemplo de partilha e de dádiva cientifica ao arrepio do que é , infelizmente, prática corrente. Passei com os meus companheiros e camaradas da AEAT, excelentes momentos durante o meu processo formativo como arqueólogo verdadeiramente amador.

Se fiquei aborrecido com alguns membros da AEAT, uma ou outra vez, foi apenas por achar que, às vezes, deixaram-me completamente sozinho nesta “luta” pela defesa do património das nossas terras.

O número da Açafa digital está excelente pela diversidade de temas e qualidade dos colaboradores.

Realço o trabalho sobre os lagares de Monsanto da Beira. Gostei e agradeço as referências à minha humilde pessoa. Para o próximo levantamento (se for para não descobrirem muito…) digam alguma coisa e não se esqueçam de bater à porta. Ela está sempre aberta para reafirmar o verdadeiro espírito da amizade.

Etiquetas: ,


Comments:
Não há mais nenhuma associação de defesa de património a operar nos nossos dias no território da Beira Baixa a não ser a AEAT. Mas calam-se quanto a destruições do património Porquê? Medo de perderem o património , o outro =
L.a m. h .
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?