22 de janeiro de 2009

 

Que será do Rancho de Monsanto sem a Célia?


Dia 14 de dezembro de 2008 a Célia Dias, funcionária da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova em serviço nos Postos de Turismo do concelho, de forma súbita foi chamada para a última morada. Já conheçia a Célia há muitos anos, mas nem sequer posso dizer que era seu Amigo, houve ocasiões em que, inclusivé, me indispus com ela. Nem sequer compartilhava dos gostos dela. Para ela o Toni Carreira e o Rancho de Monsanto eram as suas paixões. Contudo é muito triste ver partir assim uma moça tão nova (33 anos) com tão grande entusiasmo naquilo que metia entre mãos. O rancho de Monsanto é que se irá mais ressentir, pois sem ela a empurrar toda a gente, com a sua energia e a sua calma, não auguro grande futuro. Deus queira que me engane, mas ao rancho já lhe está a faltar alma. Os seus membros que se empenhem e trabalhem duro em memória desta sua obreira. Que a Terra te seja leve. Tenho pena de te não ter conhecido melhor. São os designios do ser Superior, até sempre.

Etiquetas: ,


Comments:
Que descance em PAZ! Por vezes não compreendemos as razões de DEUS, tinha outra missão e foi chamada!
 
Uma amiga que vai ficar sempre no meu coração... SEMPRE....
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?