12 de janeiro de 2009

 

«Nós por Cá» não sabemos onde a SIC saca a informação



Nesta pérola jornalistica datada de 8 de Janeiro de 2009, feita à pressa e por certo apoiada em má informação e em pouca investigação é o exemplo acabado do jornalismo que se faz na SIC. Assim não sabemos porque carga de água Penha Garcia é Aldeia Histórica, talvez o merecesse, mas efectivamente não o é. D. Dinis doou a aldeia aos Templários em 1510? Nessa altura onde já estariam os ossos de D. Dinis e dos Templários... Em 1510 reinava D. Manuel I, aquele a que apelidaram de Venturoso. Mas que raio de confusão...
Quanto ao carro de combate, isso deve ser uma grande história.... Senhores da SIC investiguem um pouco e até podem ter uma peça jornalistica à vossa medida.
Num outro programa, também da mesma estação televisiva é divulgado um apontamento sobre Meimão, em que os autores do mesmo mostram toda a sua falta de informação ao colocar esta freguesia de Penamacor no concelho do Sabugal, portanto distrito da Guarda. Bem, Meimão até está mais perto do Sabugal, mas as distâncias não são regras para atribuição das povoações aos concelhos.
Senhores da SIC, tenham mais respeito pela gentinha do interior. Informem-se bem antes de dar estas patacuadas, escolham informação credivel e não o primeiro pato bravo que vos aparece.
É o Portugal profundo, mas numa coisa ganharam à RTP, não puseram legendas nas falas das pessoas de Penha Garcia

Etiquetas: , ,


Comments:
Publica lá o Nós por cá, com as declarações do sr. vereador Arnaldo da tua cidade: As a´rvores não são eternas"
 
Meu caro, de acordo com a autarquia de Idanha-a-Nova, Penha Garcia é uma das três aldeias da rota das Aldeias Históricas (http://www.cm-idanhanova.pt/turismo/aldeias_historicas.html) . O resto, realmente, é curioso.
 
Acho que nem o pessoal do Meimão sabe que pertence a Penamacor.
 
Há que compreender que Penha Garcia fica muito longe de Lisboa e que por isso a notícia da morte de D.Dinis e a extinção dos templários só lá devem ter chegado já o século XVI ia na segunda metade. :D

Tristeza esta de quem quer gozar e acaba por fazer uma verdadeira palhaçada.
 
Eu vi o "nós por cá" e a tristeza dos argumentos do sr. vereador Arnaldo Bráz. Ficamos a saber que as "arvores nascem, crescem e morrem" e "quando morrerem plantam outras e vão alinhando"!Ó sr. Arnaldo, só se vier a "filoxera" e as levar todas ao mesmo tempo. Porque se morrerem uma a uma,ficam todas desalinhadas. Pior a emenda que o soneto.É um ponto este vereador. Estamos entregues à "bicharada". Se tiverem acesso ao programa é favor divulgar. Prestam um grande serviço.
 
Ora bem, sobre a originalidade da doação de Penha Garcia aos templários por D. Dinis em 1510, a justificação que o próprio jornalista me deu foi que, inicialmente, o texto continha duas datas: a da efectiva doação e a do foral dado por D.Manuel em 1510. Como o texto foi sujeito a cortes por questões de duração do programa, os dois factos acabaram por ser condensados num só.

Nesta linha de pensamento, pergunto-me quais serão as medidas que Junot estará a pensar tomar para inverter a actual recessão económica em Portugal.
 
Senhor joaquim Batista a ver se me pode dar uma informação, a Calçada entre a Sª da Graça e Idanha a que lhe chama-mos de Romana é mesmo Romana? Mas uma coisa é certa é antiga! passei por lá hoje e fiquei sem palavras por cima da calçada fizeram lombas de cimento!!! Um fantásrico exemplo da destruição do nosso património.
Abraço!
 
Nao ha duvida que os nossos jornalistas, necessitam como de agua para a boca, de umas boas licoes de historia e geografia!
E de facto e tristerrimo!

Um abraco de amizade dalgodrense.
 
Pois canhões para descansar, carros de combate vindos do ar,e umas bocas a falar de nós por cá ou de nós por lá...
Podemos concluir que um cravo em cada uma das três bocas ficaria a matar,restos do 25 de Abril, e a seguir Portugal Livre ou em Inglês Free Port... EhEhEh
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?