3 de julho de 2008

 

Vozes ranhosas e iluminadas

Afinal a ilha albicasta ainda vai tendo algumas vozes. O nosso amigo Luís Lourenço acaba de produzir um texto que antecipou uma das ideias que vamos desenvolver: a edição de materiais para o processo da arqueologia do castelo de Castelo Branco.

Depois do célebre quadrado 118, a saga continua. Maroto, este Luís que gosta muito de tertuliar. Está feito num autêntico poeta, daqueles que só lidos. Olhem para isto qual manifesto anti Dantas do Almada Negreiros, qual quê.


Abaixo os "intelectuais ranhosos", os "iluminados" e outros como nós...
Abaixo, abaixo, morram, morram...
Os analfa Abaixo os "intelectuais ranhosos",*

os "iluminados" **e outros como nós...
Abaixo, abaixo, morram, morram...
Os analfabetos ao poder... perdão! Voltemos a tentar, lá vai...

Mais analfabetos para o poder!

E, vejam lá, faz esta misteriosa pergunta

"Senhor Presidente? Quem é que nos "vendeu" que os vestígios arqueológicos do Largo de S. João eram arqueologia? Afinal, agora é pela boca de V. Ex.ª que se fala em vestígios arqueológicos... terá sido afectado pelo relinchar geológico????"

Mais mistérios do rego do caneiro. Aqueduto dum catano?

*É assim que uma certa vereadora da Educação e da Cultura de uma dada autarquia se refere aos seus cidadãos perigosos intelectuais.

** É assim que um dado Presidente se refere aqueles cidadãos que se atrevem a duvidar das suas bondades

PS A propósito de Artes e das Belas estamos a receber muitas visitas de um determinado e novel museu agora acrescentado. Deve vir cá consultar a ver se lhe dedicamos alguma posta. Esteja descansada minha cara Senhora.


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?