14 de janeiro de 2008

 

Câmara de Idanha-a-Nova adquire património em Idanha-a-Velha







Por notícia veiculada pelo semanário Reconquista, de 10 de Janeiro de 2008, ficamos a saber que durante este mês se irão efectuar as escrituras de compra e venda de vários imóveis sitos na freguesia de Idanha-a-Velha, entre a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e a Família Marrocos. Entre os bens a adquirir encontram-se a Casa Grande, vários palheiros e alguns terrenos junto à povoação.

Desejo desde já mostrar o meu contentamento com tal notícia e desejar que rapidamente estes imóveis estejam ao serviço da população, da investigação arqueológica e do prestígio da Egitânia.

Segundo o vice-presidente da Câmara idanhense Eng. Armindo Jacinto, ao Reconquista, a casa Marrocos tem o destino traçado como hotel de charme, sendo os restantes ocupados com arrecadações para materiais arqueológicos e outros, possivelmente até o espólio do pintor José Manuel Soares a adquirir pela edilidade idanhense.

Talvez assim se trave o comercio ilegal de bens arqueológicos de Idanha-a-Velha e o constante descontrole e exportação de peças sabe-se lá para onde e por quem….. Já diz o povo “Quem cabritos vende e cabras não tem, de algum lado lhe vem”.

Etiquetas: , ,


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?