30 de outubro de 2007

 

Bicentenário do nascimento de José Silvestre Ribeiro


Realizam-se dia 16 de Novembro, no auditório do Centro Cultural Raiano as Comemorações do bicentenário do nascimento do Conselheiro José Silvestre Ribeiro. Este personagem nasceu em Idanha-a-Nova a 3 de Dezembro de 1807.
Do programa constam as seguintes intervenções:
-José Esteves Pereira - O pensamento político em Portugal no século XIX;
-Francisco Lourenço Vaz - Livros e bibliotecas no liberalismo;
-Benedita Duque Vieira - As irmãs da caridade: os prós e os contras;
-Isabel Nobre Vargues - José Silvestre Ribeiro, um cidadão e um "homem de letras" no liberalismo;
-António Pires Ventura - José Silvestre Ribeiro, "bravo do Mindelo";
-Maria João Lopes Vieira - José Silvestre Ribeiro, um liberal nas ilhas.

O coordenador da Comissão executiva é o nosso Amigo António Catana, fazendo parte da referida Comissão: Álvaro Rocha, Armindo Jacinto, António Lisboa, Adelino Américo Lourenço, Américo André, António Lopes Pires Nunes, Graça Capinha, Manuel Rijo, Maria Adelaide Neto Salvado e Mário Raposo.

Em boa hora esta homenagem e este filho ilustre da terra, porventura o mais conhecido, e fazemos votos para que as lições do passado não sejam esquecidas.
Na sua terra natal, Idanha-a-Nova, a cuja biblioteca deixou os seus 1600 livros, infelizmente hoje quase todos desaparecidos, o seu nome é também recordado na toponímia, sendo-lhe dedicada uma rua, e foi adoptado como patrono da sua escola secundária e do agrupamento de escolas que serve o concelho. Está planeada a construção de um monumento que marque o segundo centenário do seu nascimento. Lisboa, Funchal e outras povoações madeirenses também o recordam na sua toponímia.

Etiquetas:


Comments:
Quem é o Américo André? O de Penha Garcia?É para rir ! Quem é que qualifica quem?
 
À pergunta deste anónimo de quem é este Américo André só vejo que se deve efectivamente tratar do Dr. Américo André, professor do ensino secundário e natural de Penha Garcia. Não sei se ocupa algum cargo político como o Sr. António Lisboa ou o Sr. Engenheiro Armindo Jacinto, que é o responsável do pelouro da cultura da Câmara e vice-presidente. O Américo, é meu conhecido há muito tempo e não sei se, como licenciado em história, tem alguma coisa a ver com o estudo do liberalismo cá no concelho. A sua presença na comissão deve ser por outros motivos. Mas como é uma presença gratuita, há que louvar a disponibilidade de uma pessoa que está sempre disposta a ajudar os trabalhos científicos dos outros dispondo todas as suas fontes. Por acaso, o Liberalismo em Penha Garcia até que era um assunto a ser estudado. Uns destes dias fazemos um post dedicado ao nosso querido padre João Pires de Campos que continua a ser um miguelista ferrenho dos quatro costados. Tinha sido uma boa presença nesta comissão liberal.
 
Fique a saber que o dr. André recebe dinheiro por essas ajudas, meu caro. É uma pergunta afirmação.
 
Realizem mas é as comemorações dos quase 20 anos que o Joaquim Mourão deu á vila de Idanha-a-Nova este sim fez muito pela sua terra, transformou-a de cima a baixo e deu-lhe o titulo de vila exemplar.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?