20 de julho de 2007

 

NO REINO DA LUSILÂNDIA

Foto do site ACEL- Trebopala















Fotos do Livro "A vida dos Lusitanos no tempo de Virato" de O da Veiga Ferreira e S. da Veiga Ferreira

É pena o novo programa de Herman José já não ser o privilegiado local televisivo onde as todas as espécies raras que pelo País ainda vão surgindo eram apresentadas à Nação para gáudio e enriquecimento cultural de todos nós. Quem não se recordará de um tal agente turístico Zé Camarinha, do grande sábio prof. Alexandrino, da extraordinária vidente-bailarina Linda Reis e a sua pombinha… Tudo o que é bom acaba. Paciência. Gostaríamos de aí ver (mesmo com o capucho terrorista), este novo cromo de Portugal (digo da Lusitânia - qual gatos qual quê) sr. Endobelis Ampilua , presidente da Associação pela Cultura Étnica Lusitana "Trebopala", criação virtual que luta pelo renascimento cultural do dito povo Lusitano.

Depois de ler o site da tal ACEL-Trebopala gostaria de deixar aqui um grande bem haja aos seus mentores pelo deleite lúdico-cómico que me provocaram. Não é todos os dias que se lêem coisas desta natureza. `Pena é que a prosa por vezes resvale para ‘metáforas’ encobertas tão próximas do racismo e da xenofobia. Mas o seu a seu tempo. Como isto não é para levar a sério, enfim. Pois o rex Ampilua e o seu bando terão ficado muito abalados com alguns comentários que aqui proferi relativamente à dita associação por si gerida. Fala de difamação da sua pessoa e acrescenta: «Os autores desta campanha de difamação contra nós, pertencem à escumalha mais abjecta (…) estão coutados num blogue (de nível de conversação cultural tão baixo que mais parece uma boca de sarjeta entupida) de seguidores de um tal rei bárbaro Wamba (…).

Um deles, o promotor do dito "site", criatura aliás com um dom quase natural para deturpar factos reais e uma facilidade esquizofrénica para o terrorismo verbal, deleita-se prisioneiro da sua própria soberbia a atacar a nossa associação e o nosso povo (...), a empolar a cobarde mesquinhez e pseudo "moralidade" tradicional dos rascas elitistas portugueses (...), o dito "doutor", com seus reconhecidos delírios "culturais" (o que só por si justificaria uma ida ou consulta ao seu psiquiatra) mas com um enorme défice de tolerância social (...) e de ego cheio (em bicos de pés, já o vemos) acha-se no direito e qual arauto da "liberdade de expressão" (mas com o rei na barriga) de com os seus comentários arrogantes e rascas, de compulsiva e ridiculamente julgar, achincalhar e condenar o humilde trabalho feito pela nossa associação e pelos nossos colaboradores (especialmente os artesãos), (...) chegando mesmo a "instruir-nos" quando ao direito de nós usar-mos ou não as fotos "plagiadas" (externas diga-se de passagem, nunca reivindicadas como nossas e que embora obra de terceiros são pertença do nosso povo, uma vez que elas mostram a riqueza natural e cultural da nossa Lusitânia) inseridas na nossa página na internet (que não é comercial mas sim sócio-cultural).»

Não transcrevemos mais. Dá para ver o que pretendem: um ataque pessoal e mais nada. Como sempre! Mas dá para perceber que estes senhores sabem muito de esgotos e de sargetas entupidas, possuem dons que os possibilitam fazer consultas psiquiátricas via net à distância e são muito dados a actividades artesanais. Neste ultimo ponto, oi só uma questão de gosto meus caros artesãos lusitanos. Como gostam muito da tradição edito junto dois espantosos figurinos retirados de uma velha obra ( a memória do eng. Veiga Ferreira que me desculpe) da moda lusitânica que necessita de ser recuperada. Vão ver que há apoios. É realmente pena que no vosso site não haja referências ás magnificas tecelãs lusitanas com os seus respectivos teares verticais e rocas. Aqui fica a ideia e boa sorte.

A associação também está a desenvolver um importante trabalho de difusão de imagens recolhidas em terras beirãs e outras para além da actual fonteira. A maior parte são recortes de material promocional do turismo da Naturtejo e, principalmente, da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova o que não deixa de ser um paradoxo para quem quer tanta independência. Mas há excepções nesta apropriação de material gráfico público mas que tem autor. É caso da foto que reproduzimos onde se vê a bandeira da ‘pátria’ querida. A foto foi tirada junto do Centro Cultural Raiano. Não sabemos é se terá sido no dia da inauguração da exposição do artista que há uns tempos aqui criticamos e que um tal Longinus ripostou chamando-me todos os nomes e mais alguns por não ter compreendido tão importante obra de arte lusitânica?. O que achará o vereador responsável por este espaço cultural, o eng. Armindo Jacinto, desta divulgação das vistas da próspera vila de Idanha-a-Nova alcançadas a partir do CCR, bondosamente patricionada por este grupo de lusitanos?

Pela nossa parte, um grande obrigado a Acel-Trebopla por toda esta divulgação do turismo interior de Portugal. È pena haver poucas fotos de Idanha-a-Velha. Alguma coisita se havia de arranjar. Quanto aos despropositados ataques pessoais uma certeza: Nós não nos alimentamos de ódios, intrigas, vinganças, soberbas e afins.

Eu sou o Joaquim Batista. Vivo em Idanha-a-Velha. Sou marido, pai, trabalho. E tu Endobelius Ampilua? Lá te vais entretendo na… lusilândia não é? Quiçá, quiçá, quiçá

PS- Envia lá a carta se quiseres para o processo cómico ficar completo. Acrescenta é o curriculum.

Etiquetas:


Comments:
Joaquim, não perca tempo com idiotas que existem apenas porque o Bill Gates inventou esta tanga das internetes e dos Windows.
Aceite o conselho de uma amigo, embora que "virtual": deleite-nos com os escritos a que nos habituou sobre a verdadeira cultura e Histáoria dessas paragens ditas do Rei Wamba e não se distraia com pormenores de gente mentalmente encalhada numa realidade esquizofrénica. Joaquim, devolva-se à escrita com que nos tem brindado.
Abraços Neoarqueológicos.
 
Rs,rs,rs, rs.
Wamba terror dos lusitos
 
deixa-me ca' rir, antes que me esqueca....
 
Caro Joaquim,
Ao que parece, à boleia desta "polémica", anda alguém a promover-se à sua custa... Também julgo que não valerá a pena perder mais tempo e posts com este assunto.
Um abraço virtual,
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?