12 de janeiro de 2007

 

Escrupulosos descobridores 2














Fotografia e levantamento de 1916

«Estes atractivos (os da vila de Monsanto), porém, têm desviado a atenção dos visitantes e dos investigadores, da zona envolvente deixando no desconhecimento de importantes valores patrimoniais ali existentes» FH e VC (2007)

“As ruínas desta curiossisima igreja encontram-se em um sítio ermo, assombrado de altas estevas e sobreiros anosos, próximo de Monsanto da Beira Baixa”

F. Alves Pereira no artigo A ermida de S.Pedro de Vila-Corça” O Archeologo Portugues, Vol XXI, Lx,

1916.

“DESCONHECIMENTO” PARA QUEM?


Comments:
Félix Alves Pereira, aqui citado, era minhoto, natural dos Arcos de Valdevez e foi bacharel em Direito, conservador do Museu Etnológico Português, arqueólogo apaixonado, escritor, tendo feito levantamentos arqueológicos nos concelhos dos Arcos de Valdevez, Viana do Castelo, Guimarães, Mafra, Sintra, Idanha, etc. Um sábio investigador, que foi sobrinho do Conde de Porto Covo da Bandeira.
 
A santa ignorância mediatizada no seu melhor
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?