22 de novembro de 2006

 

Os placards das obras


Ao abrigo do programa das "Aldeias Históricas" foram efectuadas algumas obras em Idanha-a-Velha. Desta actividade que, infelizmente, não trouxe grandes resultados ainda restam vestígios em alguns pontos da aldeia. São os placards publicitários das acções. No caso da foto descreve a acção e as verbas nele envolvidas na recuperação da igreja matriz, entenda-se na má recuperação da matriz. Mas o anedotico da situação é que quem de direito se tem esquecido de retirar estes placards, passados que vão já bastantes anos, tantos que as verbas neles publicitadas ainda se expressam em escudos, e o relatório final desta acção(Procentro) foi entregue há quatro anos. Sendo assim o que ainda estão a fazer estes espantalhos? Será que ninguém dá por eles? Por favor afastem esse lixo, que por arrastamento atrai outro.

Comments:
nem mais. haja (a sua) atenção
 
Isso não é uma questão que pode ser resolvida pela Junta de Freguesia? Aproveitem pelo menos o alumínio da placa, em benefício da Freguesia.
 
Se fosse de madeira, podiam-na aproveitar para tornar o madeiro do Natal mais artístico
 
Excelente blogue!!!! Assim já conheço mais do que o Alentejo.
Abraço
Paulo
 
Caro Joaquim

Esta situação não será, naturalmente, de estranhar.
O hábito de colocar os avisos e outras informações à porta da igreja, já vem dos tempos remotos?
Este placard é apenas um nadinha maior que o normal, talvez pela importância da informação.

Abraço

PS: Quero agradecer o desafio das manias que já respondi.
 
concordo... pasei lá e também não gostei.
Espaço interessante , este blog.
Abraço
 
Assim vai (des)andando o nosso país. Um dia destes não se pode tirar pois já se converteu numa peça histórica . Em Portugal muito do que é provisório tende a tornar-se definitivo.
Um abraço.
 
Parece que por lei tem que ficar um certo tempo, mas 4 anos creio ser "desmasiado".
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?