29 de novembro de 2006

 

Iberismo clerical

Não resisti a por aqui este episódio hilariante de anti-espanholismo. É das melhores anedotas do ano. Ainda estou a rir.......eheeheheheehehheheh

Barrancos, a Igreja fica cheia para a missa das 10h: Portugueses, espanhóis, o presidente da junta, etc.
O padre começa o sermão:
- Irmãos, estamos hoje aqui reunidos para falar dos Fariseus... Aquele povo desgraçado como estes espanhóis que estão aqui..."
O maior trinta e um assolou a igreja. Os espanhóis ofenderam o padre, houve porrada na porta da igreja. O presidente da junta levou as mãos à cabeça, indignadas. Acabada a confusão, o presidente da junta foi falar com o padre na sacristia:
- Sr. Padre, vá devagar, os espanhóis vêm para este lado, gastam nas lojas,nos restaurantes, trazem divisas para Portugal. Não os provoque mais.
Durante a semana a conversa entre todos era a mesma: o padre e o sermão doDomingo. Aquele zum-zum-zum todo foi fazendo com que as pessoas ficassem curiosas e a querer saber mais sobre o que tinha acontecido.
Finalmente, chega o domingo seguinte.
O presidente da junta decide ir à sacristia e falar com o padre:
- Padre, o senhor lembra-se da nossa conversa, não se lembra?
Por favor, não arranje nenhum problema hoje, ok?
Começa a missa e o padre atira-se ao o sermão:
- Irmãos... Estamos aqui reunidos, hoje, para falar de uma pessoa da Bíblia: Maria Madalena. Aquela mulher, prostituta que tentou Jesus, como essas espanholas que estão aqui...
Caldeirada geral: pancadaria na igreja, partiram-se velas nos corredores, chapadas, socos e alguns internamentos no Centro de Saúde da povoação.
O presidente da junta foi novamente ter com o padre:
- Padre, o senhor não me disse que iria com mais calma? Se o senhor não acalmar vou escrever uma carta ao Bispo e pedir a sua substituição imediata.
Naquela semana, o tumulto era maior ainda. As conversas eram mais que muitas.Ninguém iria perder a missa do Domingo seguinte nem que a vaca tossisse.
Na manhã de Domingo, o presidente da junta entra na sacristia com a GNR e adverte o padre:
-Sr. Padre, não provoque desta vez, senão acuso-o de provocação detumulto e vai dentro!
A igreja estava abarrotada. Quase não se conseguia respirar de tanta gente.
Começa o sermão:
- Irmãos... Estamos aqui reunidos hoje, para falar do momento mais importante da vida de Cristo: a Santa Ceia! (O presidente da junta respirou aliviado...)
- Jesus, naquele momento, disse aos apóstolos:"Esta noite, um de vocês vai trair-me!
Então João pergunta: “Mestre, sou eu?
E Jesus responde: “Não, João, não serás tu.”
Pedro pergunta: “Mestre, sou eu?
E Cristo responde: “Não, Pedro, não serás tu”.
O padre faz uma pausa e prossegue em tom de voz elevado.
- Então Judas pergunta: “Mestre, soy Yo?
A PORRADA FOI GERAL !!!!!

Comments:
A porrada foi geral?
A igreja foi abaixo e na semana seguinte houve missa no largo, com um padre espanhol, tudo patrocinado pelo Corte Inglés. Reza a história que o exclusivo televisivo foi da TVI, o canal católico.
 
Bom remate, eheheehhe
 
Fabuloso joaquim!!!

um abraço
 
caro Stalker; faltou acrescentar, que no final da missa ouve uma corrida com touros de morte, onde uma das orelhas foi oferecida ao padre da vila.

Muito bom Joaquim.
 
Muito bom!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?