25 de agosto de 2006

 

Novas sobre a epigrafia egitana

Photobucket - Video and Image Hosting

Segundo o semanário Gazeta do Interior o pavilhão dedicado à epigrafia romana de Idanha-a-velha irá ser musealizado. No entanto segundo me parece será uma tarefa nefasta para a epigrafia e para a Idanha-a-Velha. Nefasta porque só está presente uma infima parte das peças que existem, o espaço é apertado e não possibilita o estudo individual de cada lápide. Poucas pessoas poderam entrar no pavilhão ao mesmo tempo. De Verão deve ser um calor aterrador no interior e no Inverno o inverso. Quanto a mim este pavilhão só serve e mal para depósito de reservas, mais nada. Já que ninguém quer ouvir falar do Museu Monográfico da Egitânia, que devolvam a colecção epigráfica à Catedral de onde nunca devia ter saído, pois perdeu a Catedral e perdeu igualmente a epigrafia e quem se desloca à Idanha para ver 200 inscrições e acaba por ver somente 4 ou 5. Que se dê uma nova musealização na Catedral e se lá ponha as inscrições era o ideal. Era o regresso a casa do filho pródigo. Seria o mais digno.
Comments:
Sim, se de facto nao e para expor a totalidade das lapides, possibilitando o seu estudo, tambem concordo que estariam melhor dentro da Catedral, mas estas coisas do patrimonio sao muito complicadas principalmente para os tecnicos de gabinete.
 
Nas minhas ultimas voltas pela Beira, tive a oportunidade de ir a Marialva, (aldeia historica) ora havendo tantas casas em ruina que poderiam ser utilizadas, para meu espanto, decidiram construir um mamaracho em vidro e metal para posto de turismo, mesmo junto a uma das portas da muralha.
Alem disso parece que depois da requalificacao ja ha alguns anos, ficou-se parado e dentro do perimetro amuralhado ja se ve algum mato, as placas ja nao se lem, algumas construcoes estao a desmoronar-se e tudo brevemente vai quase voltar ao estado antes da requalificacao.
Muito mais do que os trabalhos reparacao e estabilizacao, devem ser feitos trabalhos de manutencao, porque senao os milhoes que se gastaram sao perdidos brevemente.
Mas isto digo eu, que nao sou tecnico do IPAAR.
Parece que pela Idanha pelo que vejo vamos pelo mesmo caminho e que triste e!!!
 
phentermine - health insurance - debt consolidation - home equity loans Nice comment.. I ll come back for sure :]
 
Se a infra-estrutura já existe deve ser reaproveitada, mesmo que tenham que ser feitas algumas alterações de forma a conferir conforto ao visitante, como por exemplo Ar Condicionado (que solucionaria a questão atmosférica apresentada). Quanto ao resto: a estrutura foi concebida para se afirmar como um elemento contemporâneo bem distinto das ruínas e a nível museológico não foi criado para uma exposição clássica como estamos habituados a ver, mas sim como uma reserva visitável e tem todo o potencial para ser um espaço de descoberta, interactivo (recorrendo a novas tecnologias, uma vez que tem pré-instalações para tal), agradavel e atraente para todas as idades e níveis culturais.
Por favor: quando derem a vossa opinião sobre qualquer assunto informem-se primeiro....um bom investigador não emite pareceres de base duvidosa e incerta.
 
Exposição clássica? Anti classicismo?
 
Que trampa é essa?
 
A que estás a ver
 
Quando chegar o ibnladen com bombas atómicas, já sei para onde vou ...
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?