7 de junho de 2006

 

Pólis

O programa Polis está activo em duas cidades do distrito (Castelo Branco e Covilhã) e em ambas efectuam-se obras em locais sensiveis do ponto de vista do património cultural, que aconselham a que as mesmas sejam acompanhadas por um arqueólogo. Na Covilhã dão-se ao luxo de avançar com as obras de qualquer maneira, sem acompanhamento. Em Castelo Branco o acompanhamento é feito, pelo menos a nível formal, mas não deve passar disso. Soube pela Mafia da Cova que o IPPAR se prepara para embargar as obras do Parque da Goldra por não haver acompanhamento. Em Castelo Branco o IPPAR não faz nada embora as obras estejam a decorrer praticamente nas suas traseiras.

Em Castelo Branco são espertos, fazem de conta que fazem, mas não fazem. Na Covilhã querem ser mais pragmáticos e dizem redondamente que não fazem, resultado? Com vinagre não se apanham moscas. A aparência é tudo e vale.
Em Castelo Branco não há "empatas", na Covilhã estes são atraídos.

Porque será?

Comments:
Se nao se importasse de dar uma vista de olhos pelo meu comentario no seu post de 06-05-2006 eu agradecia.

Cumprimentos.
 
No Pólis há calmões?
 
Sera que e uma politica de atrapalhar, tudo o que e feito pela camara PSD, da Covilha, e fechar os olhos a camara PS, de Castelo Branco.

E so uma suposicao.
 
Na covilhã o gajo tem a mania que é dono daquilo.
Veja-se os nós que conseguiu obter do IE (Instituto das Estradas) acumulando o que estragou no rio zêzere, coitado. mais uma machadada.
O gajo dever primo do de Viseu.
 
E assim tao mau tambem o de Viseu?
 
Já vios Pólis das cidades primas: "munta lindos", "munta lindos".
 
http://www.mesothelioma-treatment.co.uk
mesothelioma attorney
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?