31 de maio de 2006

 

Alarves

Sempre ouvi dizer que assim eram chamados os habitantes de Idanha-a-Nova, por terem mais "olhos que barriga", por serem abrutalhados, invejosos e por fim vem a anedota, por terem comprado um camião para recolha de lixo que não cabia nas ruas. Ao anónimo que tanta força fez para que eu falasse destes alarves, eis o que me ocorre. Se algo mais ocorrer a alguém os comentários estão à descrição. Sirvam-se....

Comments:
Caro J. Batista

Havia uma teoria aqui por Toulões em como o epíteto de "alarves" derivava do facto de não terem modos à mesa e de acompanharem uma refeição de migas (sopas) de pão com grandes nacos de pão.

Cumprimentos
 
Espectacular este povo português... só mesmo nós para gozarmos connosco próprios...
 
Na minha terra sempre chamaram alarves, a todos quanto comecem demasiado.
Ate se conta uma estoria:
Um individuo tendo se refastelado com enorme quantidade de comida, tera dito: "comi que nem um abade". Acontece que estando um abade presente, lhe tera respondido: o amigo comeu foi que nem um "alarve", que abade sou eu e nao comi tanto.

Um abraco amigo e bom fim de semana.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?