24 de abril de 2006

 

Ara romana?


No Jardim do Paço em Castelo Branco, deparamo-nos com este bebedouro com uma forma "sui generis". Uma primeira apreciação traz-nos a ideia de uma ara romana clássica, furada a meio para colocação da canalização e fundo truncado e em parte enterrado. Será uma ara reaproveitada? Ou será um elemento arquitectónico feito para o efeito? Uma atenta análise às faces não nos deu qualquer vestígio de letras, embora isso não queira dizer nada.
Eis um enigma. Ara romana? Será?

Comments:
Devido à sua beleza é comum encontrar aras reaproveitadas nos locais mais estranhos: fornos de pão, fachadas de edifícios, utilizadas como floreiras, etc. Em Évora, conheço um pequeno exemplar de mármore branco, integrado numa estante de pedra de um famoso restaurante. As letras sumiram, mas a decoração lateral (uma patena e um oinochoe) ainda indicam a primitiva função. A minha sugestão é que procures vestígios da decoração habitual ou do próprio foculum. Se existirem, é provável que não se trate da cantaria de uma escada, mas sim da desejada ara.

P.S. Parabéns pelo regresso ao universo dos blogs!
 
Em idanha-a-nova vi uma à porta de um bar. ainda lá está? a srevir de enconsto a bêbados?
 
Tem aspecto arquitectónico de ara, efectivamente...
 
Caro amigo Joaquim
Penso que seja uma ara reaproveitada para o fim que ainda hoje tem. Já por diversas vezes tentei, mas sem qualquer resultado, verificar indícios de escrita. Penso que a mesma foi posteriormente picada e polida.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?